Cataratas do Iguaçu aparecem entre os melhores destinos de 2018. Veja a lista da Forbes

Cataratas do Iguaçu
Cataratas do Iguaçu

As Cataratas do Iguaçu, principal atração turística de Foz do Iguaçu, aparecem entre os melhores destinos do mundo para serem visitados em 2018, segundo o Guia de Viagem da Forbes, importante revista de negócios dos Estados Unidos. A publicação define as Cataratas do Iguaçu como “deslumbrante patrimônio mundial da UNESCO”. A lista foi divulgada na semana passada.

O De Boa na Trip tem posts sobre o local. Saiba como visitar o Parque Nacional do Iguaçu, onde se encontram as Cataratas e veja dicas de hospedagem e alimentação na cidade. Há também um texto sobre outras atividades em Foz do Iguaçu, como o passeio pelo Parque das Aves, para quem não quer ir só às Cataratas.

A Forbes ainda indica a hospedagem no luxuoso Belmond Hotel das Cataratas e diz que o interesse dos viajantes internacionais é crescente.

Confira os outros lugares citados:

Sydney, na Austrália

A Forbes destaca que, depois de uma reforma que durou sete meses, a Sydney Opera House, o mais famoso ponto turístico da cidade, reabriu na véspera do Ano Novo com nova iluminação e acústica melhorada.

sydney
Sydney Opera House (Foto: Jacquie Manning – Cortesia site oficial)

Asheville, na Carolina do Norte, nos EUA – A revista fala do potencial artístico da cidade e menciona dois eventos:  “Glamour on Board: Fashion From Titanic the Movie” (de 9 de fevereiro a 13 de maio) e “Chihuly at Biltmore” (de 17 de maio a 7 de outubro).

Nova Orleans, nos EUA

Nola, como a cidade é carinhosamente chamada, completará 300 anos de sua fundação em 2018. Em virtude disso, o calendário de comemorações está cheio. Estão previstos o “French Quarter Festival”, de 12 a 15 de abril; e o New Orleans Wine & Food Experience, de 23 a 27 de maio. Além disso, haverá promoções no NOPSI Hotel, um dos principais de lá.

Palm Beaches, na Flória, nos EUA

Segundo a publicação, entre os motivos para visitar, estão os seguintes: o Museu de Arte Norton ganhará uma expansão e o Warehouse District está se tornando um paraíso da culinária com o recém-inaugurado Grandview Public Market. A Forbes frisa que ficou mais fácil chegar ao local. É que o trem expresso interurbano Brightline começou a operar, em janeiro, viagens de 30 minutos de West Palm Beach para Fort Lauderdale. Nos próximos meses, será possível ir ao centro de Miami em uma hora e, eventualmente, ao Aeroporto Internacional de Orlando em duas horas.

Sanya, na China

Apelidado de “Havaí chinês”, o local ficará cada vez mais popular por causa da cena culinária e dos hotéis. O guia menciona o “Nothing Ordinary Food & Beverage Festival”, que ocorrerá em dezembro. E cita o Rosewood Sanya, aberto em 2017, e a inauguração do Atlantis, ambos de luxo.

Rosewood Sanya
Rosewood Sanya (Foto: Reprodução)

Seattle, nos EUA

A publicação cita como atrativos a Amazon Go, a loja do futuro, e a Amazon Sphere, uma enorme estrutura de vidro que pode acomodar até 800 funcionários da empresa e contará com mais de 400 espécies botânicas. Fala também do hotel Thompson Seattle e dos restaurantes The Walrus and the Carpenter e Westward (foto abaixo).

Westward
Westward (Foto: Reprodução)

Buenos Aires, na Argentina

A cidade receberá torneios de polo e os Jogos Olímpicos de Verão da Juventude, em outubro. Haverá ainda o festival de música Lollapalooza, em março, e o Festival de Tango, em agosto.

Toronto, no Canadá

A publicação destaca o Bentway, espaço que reúne mercados, jardins e pista de patinação no gelo. Além disso, o Museu de Arte Contemporânea da cidade reabrirá na primavera. Há ainda os restaurantes Beroea Kitchen e Kūkŭm Kitchen.

Praga, na República Tcheca

Em comemoração ao centenário da República Tcheca, haverá exposições itinerantes e festividades na capital. Destaque para os hotéis Four Seasons Hotel Prague e Radisson Blu Alcron Hotel.

Marrakech, no Marrocos

A antiga cidade marroquina está se tornando um destino de luxo, graças, em parte, à abertura do Museu Yves Saint Laurent, em outubro do ano passado. Sem falar na chegada de hotéis como Four Seasons Resort Marrakech e Royal Mansour Marrakech.

Abu Dhabi, nos Emirados Árabes

A Forbes fala do museu Louvre Abu Dhabi, que acaba de abrir, e nas recorrentes feiras de artes. Cita também o hotel de luxo Rosewood Abu Dhabi, que tem uma coleção de mais de 250 peças únicas em exibição ao redor da propriedade.

Los Cabos, no México

Oferece opções variadas para as férias, de propriedades tradicionais (One & Only Palmilla, Esperanza e Las Ventanas al Paraíso) a hotéis boutique (The Resort at Pedregal). Segundo a Forbes, o número de visitantes internacionais subiu 20% em 2017. E deve crescer ainda mais com a safra de novos resorts, que inclui Montage Los Cabos; Four Seasons Resort Los Cabos; Zadún, Ritz-Carlton Reserve; e Nobu.

Porto Rico

A Forbes cita os spas Condado Vanderbilt Hotel, quatro estrelas; Botánico, em Dorado Beach; e Remède Spa Bahia Beach, no The St. Regis Bahia Beach Resort.

condado
Condado Vanderbilt (Foto: Reprodução)

Bahamas

Este ano haverá a inauguração da Baha Mar, um imenso complexo hoteleiro, aberto parcialmente em 2017. Já estão lá o Grand Hyatt e o SLS. O centro de entretenimento conta com 42 restaurantes e lounges, um campo de golfe e o maior cassino do Caribe. Tenha uma boa experiência gastronômica no luxuoso restaurante Dune, de Jean-Georges Vongerichten.

Coreia do Sul

O Seoul Skygarden, aberto desde o final do ano passado, é um parque urbano com mais de 24 mil plantas. Tem também lojas e restaurantes. Além disso, ao longo da costa do país, a Ilha de Jeju contempla praias e maravilhas naturais, como o vulcão Hallasan.

Minneapolis, nos EUA

Quem curte atividades ao ar livre tem à disposição cerca de 22 lagos, 170 parques e o Grand Rounds National Scenic Byway, com jardins, campos de golfe e cachoeiras. Já os que gostam de arte podem visitar o Walker Art Center e o Minneapolis Sculpture Garden. E todos apreciarão as cervejas de cervejarias locais como Fulton e Surly.

Deixe uma resposta