Um passeio pelas ilhas gregas – Zakynthos

postado em: Europa, Grécia | 6
IMG-20150629-WA0027
Navagio Beach

Depois de passar por Mykonos e Santorini, atracamos em Zakynthos. Esta é a ilha onde fica a famosa Navagio Beach, aquela que tem um paredão rochoso gigante envolvendo o mar azul impressionante. A praia é assim chamada por causa do grande navio encalhado na areia. 

Conforme contei aqui, minha segunda parada foi Santorini. O voo de lá para Zakynthos (companhia Aegean Airlines) pode chegar a 400 euros, dependendo da época. Portanto, eu e meus amigos preferimos voltar a Atenas de avião com a empresa Ryanair e depois seguir para nosso destino. Optamos por pegar um ônibus de lá até Kilini e, então, um navio.

Aqui vale um parênteses: muito cuidado com a Ryanair. O preço é bem baixo, mas o cliente cai em várias pegadinhas. Por exemplo: é preciso fazer check-in online, mas quem esquecer ou não souber dessa informação paga 50 euros de taxa no aeroporto. É mais caro que a própria passagem.

Voltando. Quando chegamos ao aeroporto de Atenas, era madrugada e tivemos que esperar até 6h para seguir para a rodoviária da cidade. Ela fica distante e, com isso, gastamos uma graninha de táxi. Lá, compramos o bilhete de ônibus para Kilini, mas não a passagem de navio, que adquirimos antecipadamente pela internet, pelo site Levante Ferries. A partir daí, começou confusão.

Levamos umas quatro horas até Kilini e lá pedimos para o motorista abrir o bagageiro. Ele disse que o ônibus ia entrar no barco dentro de poucos minutos para fazer a travessia e, dessa forma, não poderíamos retirar as malas. Só então descobrimos que as pessoas compram as passagens de ônibus e navio juntas, na própria rodoviária. Tivemos que correr para a bilheteria e comprar outra. Ainda bem que a anterior tinha custado só 7,50 euros e a nova saiu por cerca de 15.

Depois de muita tensão, embarcamos no navio para mais uma hora de viagem, aproximadamente. E salvamos a bagagem. Ufa! Conclusão: chegar a Zakynthos não é fácil para quem viaja com dinheiro apertado, como eu! rs

Finalmente na ilha, pegamos um táxi rumo à região de Kalami, onde fica o Athina Apartments, onde nos hospedamos. Foram três diárias num quarto para quatro pessoas. Total de 132 euros (junho/2015). A localização é ótima, mas não espere muito do hotel. A recepção é improvisada numa mesa de plástico e os funcionários não ficam lá o tempo todo. Portanto, é complicado fazer o check-in em determinadas horas do dia. Os apartamentos são bastante simples, mas têm pia, frigobar e mesa. A limpeza deixa a desejar. Batendo na mesma tecla: recomendo essa opção para quem quer economizar.

VEJA OUTRAS OPÇÕES DE HOSPEDAGEM EM ZAKYNTHOS

Ao lado do hotel, há um restaurante grego com preços acessíveis e comida honesta. Na mesma rua, um supermercado. Mais adiante, três agências de turismo, onde é possível comprar passeios. Atrás de tudo isso, a praia Kalami (muito fraquinha, melhor nem perder tempo indo). E bem perto de tudo isso, há vários bares e restaurantes. É só sair pesquisando custos.

IMG-20150627-WA0013
Shipwreck

IMG-20150627-WA0010

Numa dessas agências que citei, compramos um tour chamado Shipwreck, que prometia uma bela vista para Navagio Beach. Contudo, caímos numa certa furada. Isso porque o passeio incluía visitas a um local que fabricava azeite de oliva, a uma feira típica e a uma vinícola (sem acesso à plantação). Sem contar que o estabelecimento escolhido para almoço tinha um cardápio bem limitado. Eu achei tudo uma chatice, mas claro que isso depende do estilo de viagem de cada um. Estava mais interessada na outra parte.

Então, veio mais uma decepção. A guia só levava os turistas até determinado ponto, onde fiz as fotos acima. A parte bem alta, que aparece em imagens de internet, só pode ser acessada por conta própria. Meu amigo sabiamente foi sozinho até lá a bordo de uma moto alugada (é comum encontrar lojas de aluguel de motos e quadriciclos) e teve uma experiência bem melhor.

No outro dia, partimos para Blue Caves e Navagio Beach. Novamente, deu tudo errado. O mar estava muito agitado e não pudemos nos aproximar da Praia do Naufrágio, pois alegaram que faltava estabilidade para descer do barco, apesar de várias outras embarcações estarem lá tranquilamente. Para piorar, só passamos rapidamente por Blue Caves, sem direito a mergulho. Para compensar, nos deixaram ficar um tempão numa outra praia próxima, bastante bonita, mas nem de longe parecida.

Claro que voltamos à agência para reclamar e conseguimos o dinheiro de volta, já que também houve outros problemas no transporte. Puxado, pessoal! Minha dica é ficar sempre atento ao que é prometido na hora da compra e ao que é efetivamente entregue. Tivemos que procurar outro estabelecimento e finalmente conseguimos conhecer os dois pontos turísticos com calma.

IMG-20150628-WA0032IMG-20150628-WA0027

DSC_0414
Blue Caves

Blue Caves é um lugar lindíssimo, como vocês podem ver nesta foto. E Navagio é simplesmente espetacular, uma das praias mais lindas que já conheci. Enche muito durante o verão e, por isso, o mar fica repleto de barcos, numa grande confusão. Mas vale a pena demais! E o tal navio encalhado é bem interessante também.

Por fim, para quem procura diversão em Zakynthos, o ideal é ir a Laganas, onde se concentram boates, bares e lanchonetes. É tudo bem cafona, com letreiros de neon, mas preços bem baratos.

Obs.: Viagem feita em junho de 2015

DSC_0370DSC_0372

DSC_0395
Navagio Beach

IMG-20150628-WA0050DSC_0400

6 Respostas

  1. […] No próximo post, as dicas de Zakhyntos. […]

  2. […] e meus amigos fomos de Atenas para Mykonos, de lá para Santorini e finalmente desembarcamos em Zakynthos (onde fica a famosa Navagio Beach). O problema é que o voo entre Santorini e Zakynthos custa caro […]

  3. Fantásticas fotos!!! E que chato todo esse perrengue, mas pelo menos a vista compensa,rs.
    Bom saber a respeito da Ryanair, pois comprei alguns tickets com eles, vou ficar de olho.

  4. […] Veja informações também de Mykonos, Santorini e Zakynthos. […]

  5. […] 28 – Atenas, na Grécia: A grande atração, claro, é a Acrópole. Leia o roteiro desta cidade que respira história. Aproveite para ir também às ilhas Mykonos, Santorini e Zakynthos. […]

  6. Olá!! Lindas as fotos! Estou indo em julho/2017 para Zakynthos. Terias como indicar a agencia que fizeste um tour para o mirante…E que deu certo? Obrigada!

Deixe uma resposta