Waterfront reúne os melhores restaurantes da Cidade do Cabo

Waterfront
Waterfront

A Cidade do Cabo, na África do Sul, tem diversas – e excelentes – opções gastronômicas. A maioria dos estabelecimentos interessantes se concentra no V&A Waterfront, um complexo na zona portuária. Se quiser ter uma ideia geral do lugar antes de ir, confira os mapas.

Fish Market:

Fish Market é o restaurante com o melhor custo-benefício do Waterfront. Estive lá duas vezes e, na primeira, comi uma paella saborosa. Saiu a 105 rands, cerca de 30 reais. Meu namorado escolheu o Stir-fry Prawn Noodles, um macarrão com camarão, cenoura, cogumelo e cebola roxa. Delicioso também. E custa só 95 rands. Na outra ocasião, escolhemos um combo com peixe frito, camarão, lula empanada, batatas fritas e arroz especial. Bem vantajoso também. O cardápio conta ainda com comida japonesa, hambúrgueres e carnes. E são feitas várias promoções ao longo da semana.

fishmarket
Paella no Fish Market, no Waterfront

Den Anker:

Ainda no Waterfront, o restaurante belga Den Anker tem vista para o mar e um cardápio maravilhoso. Comi o couvert oferecido pela casa (pães com manteiga) e depois escolhi um risoto de cogumelos com óleo trufado e lascas de queijo. Incrível. Paguei 125 rands. De sobremesa, torta de chocolate (65 rands), muito boa também.

denanker2

denanker

V&A Waterfront Food Market:

Abre das 10h às 18h e tem várias barraquinhas de ostras, comida tailandesa, sucos, pizzas, hambúrgueres etc. Mesmo que não vá fazer uma grande refeição por lá, vale a pena dar um volta para conhecer. O ambiente é superagradável.

foodmarketfoodmarket2

San Marco:

Outra opção no Waterfront é o San Marco, especializado em comida italiana. As massas são ótimas e seus preços estão em conta (em média, 98 rands). Os pratos são muito bem servidos. As mesas ficam ao ar livre, mas são cobertas por toldos. Lugar charmoso.

sanmarco

Balducci:

O restaurante fica dentro do shopping Victoria Wharf. O Balducci também tem como forte a culinária italiana. O ambiente é bastante aconchegante e o atendimento, eficiente. Eu e meu namorado escolhemos de entrada a Chita with caramelised onions. Custa 70 rands. Achei que era algo pequeno, mas trata-se de uma pizza média de mussarela com cebola caramelizada. Serve tranquilamente três pessoas. Estava muito gostosa. Então, considerando o tamanho do primeiro prato, resolvemos dividir o principal: fricassê de frango (escalopes de frango com cogumelos com molho de tomate e parmesão acompanhados de batata assada). Custou 135 rands. Por fim, a sobremesa: chocolate fondant com sorvete de baunilha, por 70 rands.

Importante chegar ao Balducci por volta das 19h. Depois disso, começa a encher bastante e você terá que enfrentar a fila de espera.

22550722_1439084576212466_869592028_o22522466_1439084572879133_826466995_o22547069_1439084569545800_305957435_o

City Grill:

Me recomendaram bastante este restaurante, mas não tive tempo de ir. Ele investe em carnes de caça. Se você tem curiosidade de experimentar, vale a pena. Mas os preços são altos.

Observações finais:

Se quiser economizar, neste mesmo shopping, há lojas do Mc Donald’s e do KFC, além de pizzarias. A promoção do Quarteirão custa 48,50 e a do Big Mac, 39.

O Waterfront fica cheio o dia inteiro. Na hora do jantar, procure aparecer por lá entre 19h e 22h. Depois disso, rola um clima de fim de festa, com vários estabelecimentos fechando as portas. Com as opções restritas, fica difícil escolher o que mais se encaixa no seu gosto, né?

A taxa de 10% não é obrigatória e isso está especificado claramente em todas as contas. Inclusive, é possível escolher quanto exatamente você deixará de gorjeta. Porém, certos garçons ficam irritados quando você paga menos que isso. Então, se não estiver com a grana apertada e achar que o serviço foi satisfatório, deixe a quantia.

Sobre estacionamento, prefira o Portswood. O Ulundi está mais próximo dos principais restaurantes, mas é beeem mais caro. Para se ter uma ideia: no primeiro, até duas horas saem a 10 rands. De duas a quatro horas, 15. Já no segundo, uma hora custa 10 e, de uma a uma hora e meia, 15. A distância entre os dois é pequena e, definitivamente, é besteira pagar um valor tão mais alto.

*Viagem feita em julho de 2018

Veja também:

Onde se hospedar na Cidade do Cabo

Passeio de trem por vinícolas na África do Sul

Como é saltar de bungee jump na África do Sul

Como chegar à Table Mountain

Passeio de balão na África do Sul

 

8 Respostas

  1. Viagem sem gastronomia não é viagem. Valeu por compartilhar sua experiência gastronômica, adorei hahaha. Queria comer tudo.

  2. Fique com vontade de conhecer todos os restaurantes indicados. As comidinhas parecem ótimas e comer é com a gente mesmo 🙂

  3. Ótimas dicas! Sempre quero ir para Africa do Sul! Como os rands são bem desvalorizados, os preços ficam bons pros brasileiros.

  4. Conheço e tenho saudades dos belos tempos aí passados em 2010… na altura foi durante o Mundial da África do Sul. Um ambiente de festa permanente…

  5. Nossa, parece tudo delicioso! E os preços são bem camaradas, hein? Já vou colocar a Cidade do Cabo na lista aqui… hahaha

  6. […] Waterfront reúne os melhores bares e restaurantes da África do Sul […]

  7. […] Waterfront reúne os melhores bares e restaurantes de Cape Town […]

Deixe uma resposta