Ainda não foi a João Pessoa, na Paraíba? Então vá!

postado em: Brasil, Paraíba | 2

dsc02169João Pessoa, na Paraíba, é uma terra boa demais! Infelizmente, só conheci os principais pontos turísticos. Explico: fui a Recife e fechei um passeio de um dia até lá. São duas horas de carro, aproximadamente, entre uma cidade e outra. De qualquer forma, valeu muito a pena.

Fiz um city tour por João Pessoa que começou pela Ponta do Seixas, o ponto mais oriental do continente americano. De lá, rola uma linda vista para o farol do Cabo Branco e para a praia de mesmo nome. Não deixe de experimentar o sorvete de caipirinha vendido no local.

VEJA OPÇÕES DE HOSPEDAGEM em João Pessoa

dsc02128
Ponta do Seixas
dsc02131
Praia do Cabo Branco

dsc02141dsc02145

Depois, seguimos para o centro histórico de João Pessoa. Conheci a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Neves, a Praça dos Três Poderes (onde fica o monumento em homenagem ao político João Pessoa) e o Centro Cultural de São Francisco. Nesse último, funcionam a igreja e o convento de Santo Antônio e a capela e o claustro da Ordem Terceira. É um lugar bem interessante, que tem um pequeno museu sobre a cultura local.

dsc02089
Igreja Nossa Senhora das Neves

dsc02093

dsc02094
Centro Cultural de São Francisco

dsc02095dsc02115dsc02119dsc02127

A próxima parada foi a praia do de Tambaú, para almoço. É de onde saem os barcos que levam às piscinas naturais de Picãozinho. Elas dependem da maré e só aparecem durante a lua cheia e a lua nova. Dizem que é um ótimo passeio, então, programe-se. Outro ponto que eu adoraria ter visitado é a Ilha de Areia Vermelha. As embarcações para esse destino partem da praia de Camboinha.

Por fim, mas não menos importante, o incrível espetáculo do por do sol na Praia Fluvial do Jacaré. Há uma infinidade de bares e restaurantes com vista para o rio e, de um deles, sai o Jurandir do Sax. O música desce uma rampa, entra num barquinho e toca o Bolero de Ravel no saxofone direto da água. Ele começa às 17h e termina exatamente quando o sol se põe. Pode parecer cafona, mas é muito lindo, gente! Eu amei.

Se informe sobre o local exato onde ele começa a apresentação. É de onde se tem a melhor vista. Geralmente as agências de viagem já têm parcerias com certos estabelecimentos, mas pode não ser a melhor opção, pois alguns ficam bem distantes do barco do músico.

*Atualização: me informaram que os bares e restaurantes já não existem. Agora, são oferecidos passeios de barco caros para que se possa assistir à apresentação direto do rio. Fuja deles. Rola ver tudo da mureta da foto abaixo, de graça.

Aproveite para visitar ainda a feirinha de artesanato e as várias lojinhas de lá. Ah, e após assistir à apresentação, se estiver de bobeira, curta a noite num dos bares da praia. Rola música e o ambiente fica bem animado.

Se for fazer esse trajeto todo por conta própria, de carro, você gastará mais ou menos uma hora. Sem contar as paradas, claro.

LEIA TAMBÉM:

Conheça as Piscinas Naturais do Patacho, em Alagoas

Maragogi, em Alagoas: quando e como ir?

Ilhabela, SP: veja como chegar

dsc02148dsc02153dsc02158dsc02159dsc02161dsc02165dsc02168

 

2 Respostas

  1. […] Praia do Jacaré, em João Pessoa, na Paraíba – Todos os dias, Jurandir do Sax, músico conhecido na região, sai no mesmo horário de um dos bares da praia tocando o Bolero de Ravel. Ele entra num barquinho com seu instrumento e termina a música exatamente quando o sol se põe completamente. Experiência emocionante. Leia o texto completo. […]

  2. […] Ainda não foi a João Pessoa, na Paraíba? Então, vá […]

Deixe uma resposta